Portal do Azure – Simples e Funcional


Pessoal,

O Waldemir avisou aqui que o novo Portal do Azure saiu. Mas, como ele mostrou pouco, vou colocar aqui abaixo algumas fotos para vocês verem como ficou.

Primeiro, uma mostra de como fica a tela principal para controle do Windows Azure (computação + armazenamento). Note à esquerda que existem muitas facilidades antes inalcançáveis, como “Deployment Health” e a versão beta para subir imagens de uma VM.

, Foto1

Nesta outra , você vê as facilidades para administrar o storage. Note o Ribbon facilitando a criação/deleção de storages.

Foto2

Por fim, aqui vai a tela para a administração do SQL Azure. Notem também o Reporting Services logo abaixo da opção de Database.

Foto3

Como vocês podem ver, a administração está bem simples e funcional, tornando tudo mais rápido e intuitivo. Recomendo a todos que tiverem uma assinatura do Azure a testar.

Para quem não tem uma assinatura, assine uma conta Introdutória aqui . Você vai precisar de um cartão de crédito e terá direito a 25horas de Azure, 500Mb de disco, 1 SQLAzure de 1Gb, etc. (veja o que você tem direito aqui ). Para testar, esta opção é ótima!

(

Lembretes para quem usar o Introdutório:

1) Para executar programas e aprender, no final vc vai precisar do Visual Studio e SDK do Azure que você pode encontrar aqui;

2) Lembre-se de usar apenas o que está dentro da oferta. Muitos exercícios do SDK do Azure usam apenas o SQLAzure ou o Storage. Estes exercícios não oferecem o risco de se pagar nada, pois não precisam subir nenhuma aplicação para o Azure. Fica a dica para os mais medrosos;

3) Se você resolver subir, saiba que vc te 25 horas de uso de uma cpu. Portanto, você pode usar 1 cpu por 25 horas ou 25 cpus por uma hora. Você vai receber e-mails avisando que está chegando ao fim, ou que já chegou ao fim. Mas, ainda assim, eu prefiro usar o http://greybox.codeplex.com que fica me avisando se tenho algum aplicativo no ar. Além dele não me deixar esquecer que o tempo está contando, uso ele para matar o aplicativo assim que eu termino meus testes;

4) Por último, uma curiosidade sobre a contagem de uso de cpu do Azure. Ele é hoje cobrado pelo uso em intervalos de hora. Por exemplo, se levantei o aplicativo às 14:50 e deletei às 15:10, pago por 2 hrs de uso - uma hr pelo uso entre 14 e 15hrs. Outra pelo uso entre as 15 e 16hrs;

Conto tudo isto não para desistimular vocês, mas para vocês saberem usar de graça!

)

No próximo post volto a falar de padrões para a Nuvem.

Abraços

Skip to main content