Private Class ResumoPDC


1 semana de férias + 1 semana de PDC + rede lenta no hotel = -posts

Então não devo ter notícias novas para vocês. Waldemir, Condé, Giovanni e Rogério falaram boa parte das novidades. Vou ficar com o que ficou de mais importante na minha memória:

1) , é claro, a entrada do Azure no ar para valer em fevereiro;

2) Tudo que tem de novo nesta última versão do Azure:

a) A API de monitoração (http://code.msdn.microsoft.com/windowsazuremmc ) onde você pode agora pegar o Log do IIS, eventos do Windows, iniciar/remover instâncias de roles do Azure, enfim, tudo para você começar a identificar quando aumentar ou diminuir o número de processos no Azure (elasticidade);

b) Agora você define novos tipos de workers. Você cria endpoints e pode usar o WCF para a comunicação entre eles, o que implica em migração mais fácil para quem tem aplicativos multicamadas usando o WCF;

c) Existe agora a noção de update domains: conjunto de workers que serão atualizados em conjunto. Com isto, podemos atualizar um update domain e testá-lo antes de atualizar os demais, garantindo uma instalação mais suave e controlável. Além disto, podemos pedir a atualização de um tipo de worker – nada de ter que baixar/levantar todo o conjunto de workers por causa de um oatch simples;

d) O PinPoint: um Market Place para mostrar seus produtos que rodam no Azure para seus futuros clientes (ver http://pinpoint.microsoft.com/en-US/ );

e) O Windows Azure Content Delivery Network (CDN), isto é, um cache global distribuido em 18 países que você pode usar para colocar imagens usadas no seu site do Azure (veja http://blog.smarx.com/posts/using-the-new-windows-azure-cdn-with-a-custom-domain);

3) Tudo que está para vir no Azure

a) O SQL Azure Data Sync: para sincronizar um ou mais bancos com o SQL Azure (mesmo o SQL Compact) (ver em http://www.microsoft.com/windowsazure/developers/sqlazure/datasync/);

b) O Projeto Dallas: serviços de dados da Nasa e outros que você pode incorporar no seu aplicativo (ver em http://www.microsoft.com/windowsazure/developers/dallas/);

c) A promessa de novos tamanhos limites para o SQL Azure;

4) A palestra do Erik Meijer sobre o Reactive Extension (http://blogs.msdn.com/somasegar/archive/2009/11/18/reactive-extensions-for-net-rx.aspx)

san francisco 321

4) O Silverlight 4 chegando e fazendo drag and drop entre aplicativos no Windows e o aplicativo Silverlight no Browser (http://silverlight.net/ );

5) O RIA Services, levando o Silverlight para tratar aplicativos multicamadas e usando agora o WCF para levar queries Linq do cliente para o servidor, e dados em ambas as direções (ver http://blogs.msdn.com/brada/archive/2009/11/19/pdc09-talk-building-amazing-business-applications-with-silverlight-4-ria-services-and-visual-studio-2010.aspx);

6) O Container do Azure que estava a mostra:

 

Tem muito material para ser visto.

Vale uma olhada nos vídeos do PDC em http://microsoftpdc.com/Videos (os do Azure estão listados em http://blogs.msdn.com/jnak/archive/2009/11/19/videos-of-the-windows-azure-sessions-at-pdc09.aspx )

Os treinamentos no https://channel9.msdn.com/learn/courses/Azure/

...e , claro, as últimas Ferramentas e SDK em http://www.microsoft.com/windowsazure/tools/

 

Abraços

Skip to main content