Guia do Sharepoint e a confusão do column lookup


Guia


Aproveitando que eu estou brincando um pouco com o Sharepoint, vou deixar aqui uma boa referência vinda do grupo de patterns & practices: Sharepoint Guide (http://msdn.microsoft.com/en-us/library/dd203468.aspx).



Column lookup


Depois de montar minha VPC com o MOSS 2007, estava criando umas listagens para testes, principalmente para ver questões de relacionamento entre listas, exibições, etc. Partindo do básico que toda listagem já possui uma coluna ID (que não é exibida por padrão), criei novas colunas referenciando outras listas, pois assim conseguia criar um novo item relacionando uma atividade existente (vinda de outra tabela) com um outro dado qualquer, por exemplo.


A dúvida surgiu quando vi que era possível fazer para o campo nomeAtividade (antigo Title), duas ligações: nomeAtividade e nomeAtividade (link to item). Qual seria a diferença? Será que está na garantia da integridade relacional? Comecei a fazer alguns testes, confiando no meu intuito, mas não conseguia ver nenhuma diferença clara. Recorri então ao Live e como resultado da pesquisa encontrei este link: http://www.sharepointkings.com/2008/07/sharepoint-column-lookup-information.html.


Pelo que vi, em duas referências distintas, a diferença entre as opções está na navegabilidade do site.
- Quando você coloca a opção link to item e navega para o item em questão (uma atividade específica, por exemplo) partindo da listagem corrente, quando você clica em close é remetido para a listagem de onde partiu.
- Quando você coloca a opção SEM o link to item e navega para o item em questão (uma atividade específica, por exemplo) partindo da listagem corrente, quando você clica em close é exibida a página de atividades (RootFolder = *), pois você estava vendo o detalhamento de uma atividade.


Será que é só isso a diferença? Pesquisei mais um pouquinho e não achei nada diferente. Alguém sabe de outra diferença para nos contar? 🙂
Se essa opção somente existir para isso, acho que é muita confusão para pouco benefício e, quem sabe, deveria ser feito de outra forma.



De qualquer maneira, fica uma dica. Acredito que o Sharepoint é uma ótima aposta para quem está trabalhando com nossa plataforma e, cada vez mais, outros produtos estão sendo construídos para “rodarem” sobre ele. Com essa complexidade inerente do agrupamento de tecnologias, muitos problemas podem surgir (p.ex.: quem está causando este gargalo?), aí alguém que sabia fazer um troubleshooting bem feito e conheça a arquitetura do produto, vai estar bem cotado no mercado… Concorda?


[]s
Luciano Caixeta Moreira
luciano.moreira@microsoft.com
===============================================
This post is provided "AS IS" and confers no right
===============================================

Comments (2)

  1. Aline Maia says:

    Oi Luti!

    Ainda não tinha visto esse teu post. Aê!!! SharePoint é tudo de bom! 🙂 Experimente utilizar, com o MOSS, o Business Data Catalog (BDC) para relacionar listas e entidades externas ao SharePoint via metadados. No SDK do MOSS você vai encontrar um exemplo pronto com o AdventureWorks. É show!

    E você já viu a documentação sobre os cuidados que um DBA SharePoint deve ter com os bancos de dados (o que pode – e deve – ser feito; o que deve ser evitado)? – http://technet.microsoft.com/en-us/library/cc262731.aspx

    Abraços, Aline

Skip to main content