Passei aqui só para falar um oi e acabei fazendo uma pergunta


Depois de quase dois anos de ralação sem intervalos, eu passei três semanas de férias e longe do mundo virtual (eu quase consegui dessa vez!). Para completar o período longe do escritório, eu estou em um evento técnico da Microsoft em Seattle, voltado somente para funcionários. Então para aqueles que tentaram entrar em contato comigo, agüenta as pontas que eu volto na semana que vem, mas devo ter uns 400 e-mails para responder… Ai santa mãezinha! J


Nesse ano eu tive uma série de palestras durante o último sábado e domingo, voltado para meu grupo, onde tive o prazer de participar de sessões de Q&A com o Scott Guthrie e Anders Hejlsberg. É impressionante a visão do Anders sobre as tecnologias atuais, como elas se encaixam e como está a evolução da ciência da computação. Infelizmente não posso colocar detalhes sobre o evento, mas podem deixar que aprenderei algumas coisas interessantes e ainda conversaremos muito sobre esses tópicos.


Eu volto à realidade na semana que vem, com uma montanha de coisas para fazer, mas estarei por aqui para postar mais uns artigos que estou preparando. Até lá, fica aqui um pensamento que virou pergunta…


 


Temos muitas (muitas mesmo!) para estudar, cada dia somos bombardeados por novas tecnologias, linguagens e tendências de mercado, em todas as áreas do nosso ramo. Constantemente somos mais exigidos por nosso trabalho e por outro lado tentamos manter uma vida pessoal divertida e saudável.


Para complicar ainda mais o problema da avalanche diária de informação, é necessário um meio de fazer a mensagem sair do emissor e chegar ao receptor, aí entra no jogo a comunicação. Que na minha visão, é um dos maiores desafios do mundo moderno.


 


Resultado dos fatores acima: O profissional precisa ter um foco a ser seguido, muita disciplina e um meio eficiente de receber as informações vindas de diferentes fontes. Os dois primeiros é um problema do indivíduo, mas ainda não encontrei um meio que considero ótimo para o segundo (talvez nunca aconteça).


 


Então para finalizar, deixo aqui uma pergunta: Como vocês preferem receber as informações técnicas?


 


– Artigos completos com uma freqüência menor


– Pensamentos esparsos e pequenos scripts diários, que posteriormente podem ser agregados em um artigo maior e completo.


– Webcasts (já temos muita coisa no MSDN Brasil)


– Podcasts (estilo entrevistas e debate sobre pontos de vista e tecnologias)


– Screencasts (pequenos demos de funcionalidades específicas de um produto)


– Outros (Me diga do que gostam).


 


Qualquer um acima seria colocado no blog (ou pelo menos o link) e aí todos podem usar RSS feeds, que também não é uma tecnologia 100%.


 


[]s


Luciano Caixeta Moreira


luciano.moreira@microsoft.com


 


=============================================================


This posting is provided “AS IS” with no warranties, and confers no rights


=============================================================

Comments (4)

  1. Rafael L. Sá says:

    Sou a favor de pequenos scripts com maior frequência, mas seguindo um tema (semanal ou mensal). Desta forma pode-se dedicar um tempo específico para aprofundar em um tema, com o feedback de todos.

    Os artigos completos considero desnecessários, já existem outros lugares que podem ser referenciados. Muita gente lê a documentação de RegExp e quase ninguém entende "como é que usaram isso para validar datas?!?!?".

    rsrs

    Mas claro… um screencast ocasional de um tema polêmico seria interessante.

  2. sopa says:

    axo q seria interessante ou pequenos scripts…ou artigos mais completos…

    pq as vezes eu qxo falta algo mais profundo sobre algumas tecnologias numa linguagem mais acessivel …

  3. Agnaldo says:

    Ambos, na medida do possivel, gostaria até de sugerir um tema, o optimizador de queries e como funciona a alocaçao de memória para compilação, existe limitações para a plataforma 32 bit do SQL Server 2005?

    Abraço,

Skip to main content