Desenvolvendo Aplicações Web Modernas com o ASP.NET Core – Introdução


Gostaria de compartilhar com vocês uma introdução sobre o ASP.NET Core, que é o novo framework open-source da Microsoft para o desenvolvimento de aplicações Web modernas.

O ASP.NET Core foi totalmente reescrito para fornecer um framework de desenvolvimento otimizado e de alto-desempenho para aplicações que executam on-premises ou na nuvem (cloud).

modular

O ASP.NET Core não é mais baseado no System.Web.dll. Agora ele é baseado em um conjunto de pacotes NuGet que permite otimizar as aplicações para ser dependente apenas dos módulos necessários. Isso reduz o tempo necessário para testar e implantar atualizações que não são usadas pela aplicação.

Inclusive o .NET Framework é adicionado como sendo parte da aplicação via NuGet. Isso permite que o mesmo código possa ser executado em desenvolvimento e produção, uma vez que os assemblies da aplicação e do framework são os mesmos. Outro ponto, é que com isso é possível ter o  side-by-side com outras versões do framework sem o risco de afetar outras aplicações.

Uma vez que as funcionalidades do .NET Framework estão agrupadas em pacotes NuGet, o tempo de atualização e entrega desses pacotes é muito menor. Não é necessário aguardar uma atualização do framework como um todo.

CrossPlataform

Agora é suportado desenvolver e executar aplicações Web no Windows, Mac e Linux (cross-platform) através do editor de sua ferramenta, como exemplo: Microsoft Visual Studio, Microsoft Visual Studio Code, Omni, Emacs, Sublime, dentre outros. Mesmo no Windows é possível escolher entre usar o IIS (Internet Information Services) ou qualquer outro host.

fast

Fast

Uma vez que o framework foi reescrito do zero, foram realizadas melhorias para tornando-o um dos frameworks mais rápidos do planeta. Veja a tabela a seguir, extraída de https://github.com/aspnet/benchmarks,  que fornece um comparativo entre os principais frameworks de mercado:

plaintext

Um dos motivos da melhoria de desempenho é devido ao novo compilador Roslyn que proporciona um tempo de inicialização muito mais rápido com um consumo menor de memória (redução de mais de 90%).

O Roslyn também otimiza o ciclo de desenvolvimento permitindo escrever o código de forma muito mais rápida. Na versão anterior, o ciclo era codificar, salvar as informações, compilar e em seguida executar a aplicação. No ASP.NET Core, você pode salvar o código e apenas atualizar o navegador (F5). Não existe mais a etapa de compilação como anteriormente. Agora ela é realizada em memória e em background, apenas para as partes que sofreram alterações.

Essa foi uma introdução sobre o assunto.

Maiores informações podem ser obtidas nos sites:

  • http://dotnet.github.io
  • http://docs.asp.net
Comments (0)

Skip to main content