Microsoft treinará mais de 1.000 startups nacionais até junho


Os desenvolvedores nacionais de software terão a oportunidade de aperfeiçoar seu conhecimento em Tecnologia da Informação (TI) e negócios a partir dos treinamentos que a Microsoft oferecerá, entre os meses de abril e junho, em oito cidades brasileiras. As próximas aulas serão ministradas nos centros de inovação da companhia no Brasil, nos estados de São Paulo, Ceará, Rio de Janeiro e Bahia.

Para aumentar a abrangência regional dos treinamentos oferecidos às startups, a Microsoft firmou parceria com a USAID (United States Agency for International Development) e a ANPROTEC (Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores). A Microsoft vem trabalhando com parceiros para incentivar o ecossistema e a cultura empreendedora no Brasil e esta parceria viabilizará que os treinamentos presenciais sejam realizados em diversos estados brasileiros.

“Aprofundar o conhecimento técnico e o modelo de negócios das startups é fundamental para os empreendedores que tem uma grande ideia e buscam tanto acelerar o desenvolvimento da solução e diminuir os riscos da empresas”, comenta Silvia Valadares, gerente de Desenvolvimento da Economia Local de Software da Microsoft. A executiva reforça que não há qualquer burocracia para que as startups de software participem do programa Microsoft BizSpark e que em um ano e meio, já existem 1.350 startups brasileiras cadastradas, com acesso gratuito a software para desenvolvimento, treinamentos, Hands-on e suporte.

Com o intuito de incentivar o uso de tecnologia de ponta, mas com foco específico no desenvolvimento da indústria brasileira da tecnologia da informação, a Microsoft iniciou em 2001 a montagem de Centros de Inovação no País, em parceria com universidades e empresas. Nestes Centros de Inovação, as startups têm a oportunidade de planejar, pesquisar e desenvolver novos produtos de software e serviços a custo muito baixo Atualmente, dos 110 Centros de Inovação que a Microsoft possui no mundo, 25 estão instalados no Brasil. 

Esses centros treinam estudantes de TI nas tecnologias de ponta da Microsoft e fornecem essa mão-de-obra qualificada também para as startups.” É um casamento perfeito. Além disso, as startups podem desenvolver um protótipo de solução utilizando os Centros de Inovação para testar a viabilidade e diminuir as chances de erros. São grandes parceiros de negócio para as startups brasileiras, oferecendo soluções customizadas e link direto com a Microsoft.

“O programa Microsoft BizSpark é mais uma iniciativa da companhia para apoiar o empreendedorismo no Brasil, estimulando a Inovação no País. Nossa meta é até o final de junho deste ano treinar cerca de 1.000 statups brasileiras com potencial de crescimento para contribuir para a economia nacional ”, acrescenta Silvia Valadares.

Agenda:

ABRIL / 2010
15, 16, 19 e 20/4 – São José do Rio Preto / SP (foco Técnico)
29/4 - Fortaleza / CE (foco Técnico)

MAIO / 2010
03 a 07 – Petrópolis / RJ (foco Técnico)
16 e 19 – Fortaleza / CE (foco em Negócios)
17 a 21 – Salvador / BA (foco Técnico)
20 e 21 – Fortaleza / CE (foco Técnico – Win 7)
24 – Fortaleza / CE (foco Técnico)

JUNHO / 2010
07 a 11 - Fortaleza / CE (foco Técnico)

Skip to main content