Interoperabilidade, um caminho para inovação


Roberto Prado* escreveu recentemente um artigo no qual fala sobre o quanto a interoperabilidade está presente em nosso dia-a-dia, muito além apenas dos programas computacionais, o que torna essa capacidade de interação cada vez mais importante.

Nesse texto, também destaca como, tanto em casa quanto no trabalho, as situações da vida real apresentam um universo crescente de componentes comercializados por diversas marcas e que utilizam softwares variados. Em outras palavras e com um exemplo simples, isso é dizer que sua nova câmera digital precisa funcionar com o seu PC, no trabalho, e o seu laptop, em casa. É aí que a interoperabilidade entra em ação, para tornar isso realidade.

Prado aonda escreve sobre como a Web 2.0 entra nesse contexto e como tudo isso levou à antes inimaginável adoção comercial do “open source”. E muito mais.

Queremos agora convidá-lo a ler na íntegra esse artigo. Fique à vontade, leia, comente!

*Prado é gerente de estratégias de mercado da Microsoft e professor da Fundace (FEA USP) no curso MBA Administração de Empresas, Roberto Prado é responsável pelo relacionamento da Microsoft com a Comunidade de desenvolvedores Open Source no Brasil e dedica-se a estudar maneiras de garantir interoperabilidade entre softwares de código aberto e softwares proprietários.

Skip to main content