Microsoft incentiva ação por privacidade de dados em cloud computing


Em um pronunciamento durante o fórum de política da Brookings Institution, realizado em Washington (EUA) no último dia 20, Brad Smith, vice-presidente sênior e gerente do conselho da Microsoft, alertou para a necessidade de uma força-tarefa entre governo e indústria para assegurar que a era da computação em nuvem seja conduzida por um comprometimento internacional com a segurança e a transparência para consumidores, empresas e órgãos governamentais.

O executivo mencionou dados de uma pesquisa realizada a pedido da Microsoft, segundo a qual 58% da população e 86% dos líderes de negócios se dizem entusiasmados com o potencial do cloud computing. De acordo com o mesmo levantamento, 90% dos entrevistados mostraram-se preocupados com questões de segurança, acesso e privacidade de seus dados na nuvem.

Durante o encontro desta semana, Smith sugeriu uma discussão sobre como dar confiabilidade ao cloud computing e propôs aquele que chamou de Cloud Computing Advancement Act para promover a inovação, proteger consumidores e munir o governo com as ferramentas necessárias para cuidar de questões críticas relacionadas à segurança e privacidade de dados.

Você pode saber mais detalhes sobre a proposta do executivo da Microsoft aqui.

Skip to main content