Tire suas dúvidas sobre o suporte mútuo das soluções de virtualização Microsoft e Red Hat


Desde que a Microsoft lançou os serviços Windows Server 2008 Hyper-V e Terminal, o System Center Virtual Machine Manager 2008 e o Microsoft App-V 4.5, no ano passado, clientes e parceiros ganharam muito com projetos de consolidação de servidores. Além disso, puderam aumentar suas capacidades de continuidade de negócios a custos muito inferiores do que os oferecidos pela VMware, por exemplo, e reduziram o custo e tempo necessários para entregar aplicativos aos usuários finais.

Ao fazer isso, esses clientes passaram a utilizar um conjunto familiar de ferramentas para gerenciamento de sistemas e aplicativos por todos os sistemas virtualizados e não virtualizados, bem como aplicativos no data center e desktops.

Apesar dos muitos casos de sucesso que despontaram nesse último ano, uma barreira sem relação com produtos impediu o avanço maior da tecnologia até aqui. “Até agora não havíamos conseguido transpor esse obstáculo para atender à demanda de clientes e parceiros”, reconheceu Mike Neil, gerente geral de virtualização da Microsoft, em um post publicado esta semana no blog de virtualização da companhia. Ele se refere à capacidade de rodar e dar suporte ao Red Hat Enterprise Linux junto a uma máquina virtual no WS08 Hyper-V e no Hyper-V Server 2008.

Com o anúncio realizado esta semana, e divulgado aqui no IT News nesta quinta-feira (08/10), a Microsoft deu o seu primeiro grande passo para entregar esse suporte. A Microsoft e a Red Hat assinaram recentemente acordos para testar e validar os sistemas operacionais da primeira rodando nos hypervisors de cada uma delas.

Agora, segundo Neil, clientes e parceiros querem saber quando poderão rodar as configurações validadas e quando poderão contar com o serviço técnico conjunto para usar o Windows Server no programa de virtualização Red Hat Enterprise, ou para rodar o Red Hat Enterprise Linux no Windows Server 2008 Hyper-V ou Hyper-V Server 2008.

Outra dúvida é sobre como isso poderá ser feito e quem poderá fazê-lo.

Para responder a essas e outras perguntas relacionadas ao mais recente anúncio de interoperabilidade realizado no mercado de virtualização, a Microsoft e a Red Hat preparam uma relação com as perguntas mais frequentes relacionadas ao tema.
As perguntas e respostas podem ser conferidas neste link. Os interessados no assunto também podem assistir a um webcast com discussões sobre o tema.

Skip to main content