Universidade Tiradentes opta por solução Microsoft para desenvolvimento de sistemas


Com mais de 46 anos de atuação no setor educacional, a Universidade Tiradentes (UNIT) sediada em Sergipe, buscava automatizar os processos de produção de software a fim de aumentar a produtividade e qualidade no desenvolvimento de sistemas. Em 1998, a instituição adotou a plataforma Delphi, para aplicações desktop. Dois anos depois, implementaram também a solução Java para o desenvolvimento de aplicações web.


Em meados de 2007, ficou evidente a necessidade de adotar um recurso para desenvolvimento de software que fosse robusto, flexível e reduzisse o tempo de execução de projetos do Departamento de Tecnologia e Informática (DTI). "Percebemos que os processos precisavam de um controle maior sobre as etapas para oferecer serviços com mais qualidade", lembra o professor Nilton Oliveira Matos Junior, coordenador de desenvolvimento da UNIT.


A Universidade entrou em contato com a 2PC Professional Consulting, parceira da Microsoft Brasil. Com a ajuda da empresa, a Universidade mapeou as demandas e escolheu as soluções que se adequavam ao perfil da instituição. "A análise indicou que o controle estava prejudicado por falta de ferramentas de acompanhamento", afirma Ramon Durães, diretor de TI da 2PC.


Após avaliação, optou-se pelas plataformas Microsoft .NET Framework e Microsoft Visual Studio Team System 2008. "Escolhemos as ferramentas Microsoft principalmente pela flexibilidade oferecida no desenvolvimento de aplicações web", conta Junior.


A migração resultou no desenvolvimento de um portal móvel, o que permite aos alunos de graduação acessar conteúdos a partir do celular. Além disso, o portal destinado a pós-graduação e o sistema de atendimento médico de funcionários e professores da instituição já estão em fase de conclusão.


Com o auxílio da 2PC Professional Consulting, a implementação e o treinamento consumiram poucos dias. Nove profissionais do DTI participaram das aulas. Segundo Junior, o aprendizado foi rápido, pois antes mesmo de trabalhar com as aplicações, houve um estudo prévio. "Cada funcionário analisou detalhes das soluções e, por meio de um workshop, o conhecimento foi transmitido a todos da equipe", conta o coordenador. Outro ponto favorável foi a interface. "Encontramos um ambiente familiar e de fácil aprendizado, o que garantiu a rápida adaptação", explica Junior.


Produtividade e agilidade na comunicação


Com a adoção do Visual Studio Team System, a UNIT consegue trabalhar com sistemas integrados, oferecendo suporte para todo o ciclo de desenvolvimento. A colaboração, o controle de qualidade e a integração contínua de informações estratégicas resultam em previsibilidade dos projetos. "Hoje, podemos acompanhar cada passo da produção do software, do planejamento à codificação, facilitando a comunicação e o gerenciamento", afirma Junior.


A distribuição das tarefas também ficou mais eficiente, já que a plataforma oferece recursos para agilizar a comunicação e, por conseqüência, acelerar o andamento das atividades e aumentar a qualidade dos produtos oferecidos aos usuários. Além disso, foi possível ampliar o controle com relatórios e métricas de desempenho.

A atualização do modelo antigo de tecnologias web para .NET Framework refletiu positivamente na rotina de toda a Universidade, principalmente no dia-a-dia dos alunos. "Agora estudantes de graduação podem tem acesso a vários serviços por meio do celular", comemora Jones Emerson Costa Lima, responsável pela direção do departamento de TI da Unit.


Segundo Junior, o objetivo da adoção da plataforma Microsoft, era aumentar o ganho de produtividade a partir da diminuição do tempo gasto na realização de várias etapas dos projetos. "Com isso, poderemos abrir o leque e desenvolver e oferecer novos serviços", prevê o executivo.

Skip to main content