Geração 64-bits


Quantas vezes você já esteve envolvido em um problema e, ao procurar na Internet, percebe que uma das soluções é migrar para 64-bits? No meu trabalho do dia a dia, escuto isso todas as semanas durante conversas com os clientes e colegas de equipe. Há pessoas que acham que os processadores de 64-bits são coisas do futuro e que vai demorar para acontecer a mudança.

A geração de processadores 64-bits é uma realidade hoje! Praticamente todos os servidores vendidos são 64-bits, assim como há notebooks usando processadores 64-bits.

 

Razões para ter ganhos significativos de memória (sem entrar nos detalhes específicos):

  • Os processadores 64-bits apresentam um maior número de registradores
  • O endereçamento de memória é maior (7TB contra 4GB)
  • Otimizações no pipeline do processador, como o branch prediction

Apesar de todas essas vantagens, existem casos particulares que a plataforma 32-bits ainda é mais rápida do que a 64-bits (seria isso um bom assunto para um post?).

 

É importante lembrar que há duas famílias de processadores e elas não apresentam nenhuma compatibilidade entre elas:

  • x64
  • Itanium

 

No próximo post, gostaria de falar sobre a diferença entre essas plataformas.

Comments (0)

Skip to main content