“De volta ao básico” – Tracing com o Dynamics CRM


Existem várias formas de ativar os registos no CRM. Uma delas passa por aceder ao registry do Windows (regedit.exe) para ativar os traces no CRM.

O artigo da knowledge base com a presente informação encontra-se no seguinte sítio: https://support.microsoft.com/en-us/kb/907490

Para uma implementação de CRM, abaixo fica uma listagem de todos os locais onde podem ser ligados os registos do CRM:

Componente

Localização da chave no registry

Servidor

HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\MICROSOFT\MSCRM

Cliente

HKEY_CURRENT_USER\SOFTWARE\MICROSOFT\MSCRMClient

Reporting Services

HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\MICROSOFT\MSCRMBidsExtensions

Email Router

HKEY_LOCAL_MACHINE\SYSTEM\CurrentControlSet\Services\MSCRMEmail

Data Migration

HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\MICROSOFT\DATA MIGRATION WIZARD

 

Uma vez localizada a chave para o componente que se pretende, há que introduzir os seguintes valores na mesma:

Chave

Tipo de valor (base)

Valor a colocar

TraceEnabled

DWORD (decimal)

0

TraceRefresh

DWORD (decimal)

1

TraceCallStack

DWORD (decimal)

1

TraceDirectory

REG_SZ

C:\Program Files\Microsoft Dynamics CRM\Trace

TraceCategories

REG_SZ

*:Verbose

TraceFileSizeLimit

DWORD (decimal)

10

 

Para dar início ao registo, basta alterar a chave TraceEnabled para 1 e a chave TraceRefresh para um valor diferente do que está atribuído.

Para terminar o registo, basta alterar a chave TraceEnabled para 0 e a chave TraceRefresh para um valor diferente do que está atribuído.

Os registos devem ser sempre recolhidos o mais próximo possível da situação que se tenta reproduzir. Isto aplica-se principalmente em sistemas muito ativos, que podem gerar um grande número de ficheiros.

Se a situação não puder ser reproduzida, aconselha-se a manutenção de um registo de atividades, onde estejam detalhados as ações tomadas e a data e horas das mesmas, para depois ser possível correlacionar as mesmas com as entradas nos registos.

Até à próxima.

Hugo Durana.

Skip to main content