Dicas – Para a contratação dos Serviços Azure


Boa tarde a todos !

Talvez pela minha passagem pelo mundo das start-ups (sim, já trabalhei em uma), sempre tenho um carinho especial com este mundo. Além disso, acredito que o poder do empreendedorismo é algo transformador para uma sociedade em constante mudança.

Nestes últimos meses tive o prazer de trabalhar junto com a Silvia Valadares no apoio à várias start-ups que participam do programa Microsoft SOL. E desde que o Azure foi lançado no Brasil, algumas start-ups vêem me perguntando sobre vários assuntos. Um dos assuntos interessantes é sobre como contratar o serviço do Azure e quais dicas são importantes ter em mente neste momento. Abaixo, é um resumo de alguns e-mails trocados com ISVs e Start-ups sobre o assunto contratação:

Vamos lá. Primeiramente, entrando em "www.windowsazure.com.br", você poderá obter informações detalhadas sobre o Azure no Brasil.

a) Selecione uma das ofertas de contratação do Serviço Azure. Cada oferta, apresenta um conjunto de vantagens e pacotes de serviços; escolha aquela oferta que tenha a aderência com a sua realidade.

b) Uma vez selecionada a opção adequada, você será redirecionada para o site "Microsoft Online Services Customer Portal - vulgo MOCP"

c) Utilizando uma conta do Windows Live ID (WLID), você entrará com os seus dados de cadastro, bem como os dados do cartão de crédito para finalziar a assinatura

d) Uma vez assinado, você receberá um e-mail pedindo para "ativar" a sua conta no Azure.

e) Ativando a conta, pronto, você estará apto a entrar no site do Azure "www.microsoft.com/azure" com o WLID da assinatura do pacote; e assim permitirá criar os seus serviços, aplicações e/ou banco de dados.

Dicas:

1 - use um WLID que seja "corporativo", pois é através dele que o Azure envia informações de Billing, bem como notificação da saúde dos serviços Azure. Evite, usar um WLID pessoal. 🙂

2 - Como você ainda está na fase de construção, sugiro verificar se você está utilizando o "Windows Azure Tools for visual studio 1.1", bem como o "Windows Azure SDK". Esta versão trás uma série de novidades, tais como: CloudDrive e serviços de monitoramento e saúde dos serviços.

3 - Dica final, fiz um vídeo que mostra passo-a-passo a construção de uma aplicação local, até hospedagem no Azure. Vale a pena conferir: https://channel9.msdn.com/posts/luconde/Cond-Demo-Demonstracao-passo-a-passo-de-como-criar-uma-aplicacao-e-publica-la-no-Windows-Azure/

abs e T+
Condé

Skip to main content